Login
DEMO

Como implementar a gestão comportamental no seu RH

rotatividade de funcionários é um dos maiores problemas enfrentados pelo RH das empresas atualmente. Mas como evitar isso? Ainda pouco usada pelos gestores do setor, a gestão comportamental é uma estratégia importante e pode gerar bons resultados para a companhia.

Afinal, a alta rotatividade traz diversos prejuízos, como:

  • Equipes desalinhadas;
  • Custos elevados com recrutamento, processo admissional e demissional;
  • Gasto de tempo com treinamento de novos funcionários;
  • Perda de credibilidade no mercado;
  • Queda de produtividade.

Certamente, você quer minimizar todos esses problemas, não é mesmo? Então, neste artigo, vamos falar sobre gestão comportamental e como implementá-la em sua empresa. Se você deseja reter seus talentos e melhorar os indicadores de RH de sua companhia, continue lendo!

O que é gestão comportamental?

Primeiro de tudo, é fundamental entender o conceito antes de sair implementando de qualquer forma. A gestão comportamental trata-se de uma ferramenta de gestão, que leva em conta o perfil comportamental dos funcionários ou candidatos em todas as suas estratégias e ações.

Por exemplo: no processo seletivo, na distribuição de tarefas, na construção de equipes, no desenvolvimento de projetos, entre outros. Assim, é possível criar um ambiente positivo, extrair o máximo de produtividade e melhorar a satisfação de seus colaboradores.

Quais os benefícios da gestão comportamental para minha empresa?

Claro que o principal objetivo ao adotar esse tipo de gestão, é diminuir a rotatividade de funcionários. Mas as vantagens vão muito além. Inclusive, as empresas que usam a gestão comportamental não apenas no processo seletivo, mas sim em sua rotina de trabalho, obtêm diversos benefícios. Alguns deles são:

  • Melhoria do clima organizacional;
  • Aumento da produtividade;
  • Ambiente mais criativo e colaborativo;
  • Desenvolvimento de competências e habilidades.

Como implementar a gestão comportamental no RH da minha empresa?

Agora que você já entendeu o que é gestão comportamental e seus benefícios, veja como colocá-la em prática no RH da sua empresa! Confira 4 passos a seguir:

1. Mapeie o perfil comportamental de seus colaboradores

Para começar, é preciso mapear o perfil comportamental de seus colaboradores, sejam eles líderes ou liderados.

Umas das metodologias mais usadas para fazer esse mapeamento é a DISC (Dominância, Influência, Estabilidade e Conformidade).

Com a realização desse teste, você terá uma visão melhor do perfil de cada funcionário. Assim, poderá planejar a distribuição de tarefas e funções de forma mais assertiva, trazendo mais produtividade às equipes.

Além disso, fica mais fácil identificar pontos de melhoria e competências que podem ser desenvolvidas em futuros treinamentos e capacitações.

Leia tambémGestão de pessoas: como evitar problemas comportamentais no trabalho

2. Defina o perfil comportamental ao abrir novas vagas

Antes de abrir um processo seletivo, o ideal é determinar o perfil comportamental desejado para as vagas em questão.

Para isso, é importante analisar o perfil do líder e dos membros do time que a pessoa fará parte, além das atribuições do cargo. Portanto, fica mais fácil encontrar quem se encaixe nestes quesitos. O que melhora a assertividade das contratações e evita o turnover.

3. Estimule a comunicação e a cooperação

Em uma gestão comportamental de sucesso, o diálogo e a cooperação são ítens bastante valorizados. Por isso, incentive-os sempre.

Dê abertura para que seus funcionários o procurem e conversem sobre qualquer problema que atrapalhe o seu rendimento. Ou até mesmo para que eles dêem sugestões de melhoria.

Estimule também a cooperação entre as equipes, fazendo com que eles saibam que todos trabalham pelo mesmo objetivo.

4. Analise os resultados e aplique feedbacks

Para saber se a gestão comportamental está trazendo frutos, é imprescindível analisar os resultados. Avalie indicadores de RH como absenteísmo, turnover e produtividade.

Com os resultados em mãos, aplique os feedbacks individuais necessários. É importante reconhecer as qualidades e sugerir melhorias para os pontos negativos observados em cada colaborador.

Como a Docly pode ajudar a sua empresa?

Para os profissionais de RH se dedicarem à gestão estratégica e comportamental, é preciso otimizar as tarefas burocráticas do setor. E a Docly pode ajudá-lo neste processo.

Com uma ferramenta online que torna o processo de admissão 100% digital, a Docly traz vantagens como diminuição de papéis, segurança no armazenamento de documentos digitais, validade jurídica, praticidade e muito mais.

Para realizar o processo de admissão na plataforma, basta o gestor inserir os dados necessários para a criação do contrato e dos termos admissionais. Então, o colaborador preenche o seu perfil, configura os benefícios que deseja, aceita os termos, envia os documentos e faz a assinatura digital. Tudo de maneira rápida e segura!

Quer testar a ferramenta na prática e saber como facilitamos o processo admissional da sua empresa? Solicite uma demonstração gratuita!

Baixe agora o nosso e-book e conheça as normas em relação a documentos nato digitais, assinatura eletrônica e documentos digitalizados.